Djodje escolheu o dia 6 de abril para estrear o seu novo álbum NewBorn com um concerto. Em forma de agradecimento, os fãs voltaram a esgotar um dos principais espaços de espectáculos na capital portuguesa para ouvirem o cabo-verdiano.

Dois anos depois de ter esgotado o Coliseu dos Recreios, Djodje voltou a fazer o mesmo no Campo Pequeno com mais de 6 mil pessoas presentes no concerto anunciado em dezembro do ano passado.

O quarto álbum de estúdio da estrela cabo-verdiana é composto por 11 faixas e conta com os hit singles A Fila Anda“, “Vamos Fugir“, e “Atrevido” e com as participações de Jimmy P, Cuca Roseta, Mito Kaskas, Loreta e Elji Beatzkilla .

Falámos com o artista que revelou-nos que o título do álbum não é apenas uma homenagem ao seu filho primogénito, que também tem a quarta faixa “Santiago” dedicada a ele. NewBorn, segundo Djodje, também significa um renascimento dele por sentir-se um recém nascido a nível musical. A sua carreira está apenas a começar.

Há muitas coisas ainda para fazer e muitas coisas boas a caminho, por isso o NewBorn.


No concerto estiveram mais de 6 mil pessoas que acompanharam as 19 faixas interpretadas por Djodje. Ao palco subiram os irmãos António e Fradique Mendes Ferreira, que juntos formam os Calema, o angolano Anselmo Ralph que interpretou com o cabo-verdiano a música “Curtição”, que é justamente uma das preferidas de Djodje..

O momento mais alto da noite foi quando o artista chamou a sua mãe para cantar “Lena”, música em sua própria homenagem. Outro momento alto foi quando subiram ao palco Mito Kaskas, Loreta e Elji Beatzkilla para interpretarem a faixa “So Seu Boca”, que é a última do álbum NewBorn, um Afro Pop que mergulha sobre as melhores influências da nova música africana.

O primero single do álbum, “A Fila Anda”, com Jimmy P, que conta conta com mais de 16 milhões de visualizações no YouTube, também foi cantada no palco do Campo Pequeno.

O novo álbum está disponível em todas as plataformas digitas. Ouve abaixo através do Spotify ou da Apple Music.