Kofi “Kingston” Nahaje Sarkodie-Mensah nasceu em Ashanti, Gana, e tornou-se agora no primeiro africano a ganhar um campeonato da WWE, fazendo história no mundo da luta de entretenimento.

Kofi e a sua família imigraram para os Estados Unidos da América, mais precisamente em Winchester, Massachusetts, em 1984, quando Kofi tinha apenas três anos.

Fez a sua juventude na capital de Boston, e o sonho de se tornar lutador profissional nasceu. Ou sempre lá esteva presente, uma vez que o seu pai, Kwasi, também era lutador profissional.

Voir cette publication sur Instagram

🔥🔥🔥 #KOFIMANIA

Une publication partagée par Kofi Kingston (@kofi.kingston) le

Como se de uma profecia se tratasse, Kofi Kingston, de 37 anos fez história ao se tornar no primeiro lutador nascido em África a ganhar um campeonato da WWE. Derrotou Daniel Bryan pelo tão cobiçado “cinturão” no WrestleMania 35, na categoria de pesos-pesados.

Kofi confessou que já aguardava por esse momento há 11 anos atrás e usou as redes sociais para demonstrar o seu carinho e apreço: “Obrigado. Obrigado. Obrigado a todos vocês. Sem o vosso amor e apoio, especialmente nos últimos dois meses, nada disso seria possível. Vocês ajudaram-me a alcançar o meu sonho de infância e estou eternamente grato a cada um de vocês. Atenciosamente, o vosso campeão mundial dos pesos-pesados da WWE.”