Riscow420, é um dos nomes fortes da produtora angolana Latino Records. O artista já largou dois singles, o “Num Tá Fácil” e o “Vou Bazar”, estando assim aberta a temporada de promoção da mixtape 420, a ser lançada ainda este ano.

Riscow420 nasceu em Benguela, Angola, no dia 17 de Maio de 2000, tendo sido levado para Portugal ainda bébé. Em terras lusas, o rapper cresceu num bairro da cidade de Quarteira, no sul de Portugal.

Perguntado sobre a sua história no mundo rap, Riscow420 lembrou que a sua primeira faixa foi gravada na casa de um amigo. “Lembro-me que o estúdio era tão improvisado que tive de subir em cima de um skate para conseguir alcançar o microfone, endividei-me para apanhar o táxi , andei quase dois quilómetros e não gostei nada do resultado final. Acho que vou ter vergonha daquela música para o resto da vida”.

Quisemos saber se Riscow420 concorda com a afirmação de que o rap feito em Angola perdeu espaço face ao rap feito em Portugal e a resposta não podia ser mais otimista.

A Internet é a dona do mundo, deixa Angola crescer a seu ritmo, quando a Zap fibra for grátis no Sambila, os tugas vão desejar ser colonizados pela província do Huambo. Nós tamo a vir com Garra, Tigra, Nestlé, Redbull, tudo e mais alguma coisa.

Sobre os números serem importantes e servirem de tabela de medição para sucesso, Riscow também tem uma opinião muito própria.

“Estar a bater é levar dinheiro para casa no fim do show, é chegar no fim do mês e ver que o trabalho que estás a fazer está a pagar as contas lá de casa, ou está prestes a comprar a casa, no mínimo o carro. A realidade.”