A música fez-se notar nesta semana, desde ao lançamento do primeiro álbum da cantora Blaya até ao reinado de Pier Slow. Mas Ruanda ter tornado o suaíli como língua oficial do país, fez com que se tornasse num dos marcos mais importantes da história africana.

Vê abaixo os artigos mais clicados da semana:

1. Já está disponível “Blaya con Dios” o álbum de estreia de Blaya

Blaya
Imagem/ Instagram : @blaya_con_dios

Já está disponível o álbum de estreia da cantora e bailarina Blaya. “Blaya com Dios” é o o sucessor do EP “Eu Avisei” de novembro de 2018, o novo trabalho conta com 15 faixa musicais, que a cantora define como um trabalho de equipa que contou com a participação de Virgul, MC Zuka, a dupla No Maka, Deejay Telio, Laysha, Laton, April Ivy, Ella Nor, entre outros.

2. Não é o francês nem o inglês, é o suaíli a língua oficial do Ruanda

Ruanda - Suaíli
Ruanda – Suaíli

Os membros da câmara legislativa de Ruanda aprovam no inicio desta semana o suaíli como a língua oficial do país, abandonando completamente o francês e deixando o inglês de lado.

Por enquanto, ficou acordado que o idioma fosse apenas utilizado para fins administrativos, desde a sua aprovação, o que foi outrora considerado como dialecto, já aparece como lingua oficial em alguns documentos oficiais.

3. Já podes ouvir “Diário De Um Stana 2” do rapper Slash Stana

Diário De Um Stana 2
Imagem IG: @slash_stana

Depois de vários avisos através das redes sociais, Slash Stana lançou finalmente a segunda parte do seu projecto, intitulado de “Em Nome do Pai, da Família e do Hustle – Diário De Um Stana 2”.

O Street álbum (como o mesmo o chama) foi promovido com o single “Filho arrependido” com a participação de Heroide . A faixa tornou-se hit nas ruas e foi muito bem recebido pelo público em geral tendo rendido para o artista uma agenda preenchida de concertos e eventos

4 . “Improvisação em Lá Menor” com Da Soul

Da Soul
Foto: Miguel Roque

Da Soul lançou o videoclipe da faixa “Improvisação em Lá Menor” extraído do álbum “Regeneração”. É a quarta faixa do LP e o segundo videoclipe depois de “Ritmo e Alma”.

O artista explicou-nos que este tema é também a representação sonora daquilo que se pode considerar os “imprevistos” que podemos encontrar nesta aventura, chamada vida.

5. Custou mas foi, PierSlow lançou EP “Reis & Rainhas”

PierSlow
Fotografia: Divaldo Francisco

PierSlow esteve nos últimos dois anos a preparar o seu mais recente EP “Reis E Rainhas”. Dois anos de muito trabalho que resultaram em músicas consistentes e maduras, após todos os contratempos financeiros e acabamentos de pós-produção.

PierSlow é um dos artistas que tem vindo a ganhar destaque dentro e fora da sua sua zona, Amadora, Lisboa, onde nasceu a 30 de Junho de 1988. O artista passou sua infância no Bairro de Santa Filomena, e de lá foi nascendo o gosto pela música.