O executivo da empresa Huawei, Dang Wenshuan, confirmou recentemente ao Financial Times que a empresa chinesa está a colaborar com a Audi e a Toyota para desenvolver um carro com condução autónoma.

“Da minha perspetiva, estamos a trabalhar juntos para ter um carro que será lançado em 2021 ou em 2022 usando estes componentes [de condução autónoma]. Será na China, mas não apenas na China, também será na Europa”, afirmou Dang Wenshuan.

Ultimamente, a Huawei tem sido notícia devido às restrições impostas pelos EUA. No estado de Washington, EUA, a Huawei foi colocada na ‘lista negra’ de empresas suspeitas às quais as empresas norte-americanas não podem comercializar equipamentos tecnológicos.

E ao estar nessa ‘lista negra’ a empresa chinesa afastou algumas das empresas-chave no mercado mobile como a Google, a Intel ou a Qualcomm. Mas a Huawei já pensa em deslocar-se para outros mercados que não o norte-americano.