No jogo inaugural do Grupo F, os ‘outsiders’ ainda fizeram sofrer os Campeões, mas dois erros crassos deram a vitória aos Leões Indomáveis.

A selecção orientada por Baciro Candé até começou melhor o jogo, com Pelé, aos 11 minutos, a tirar as medidas à baliza com um remate potente fora de área. Mas com o passar do tempo, os Camarões dominaram e controlaram a partida, e foi o guarda-redes Jonas Mendes – com uma exibição de encher o olho – que garantiu o nulo ao intervalo.

Mas no segundo tempo, bastaram 3 minutos para os Leões Indomáveis sentenciarem o jogo – golos de Yaya Banana, aos 66 minutos, e Stephane Bahoken, aos 69.

Refira-se que, os Djurtos estão à procura da sua primeira vitória na Taça das Nações Africanas (CAN), depois de na sua edição de estreia, em 2017, não terem passado da primeira fase, com um empate e duas derrotas, uma delas também com os Camarões.

"Nasci no ano que o telescópio Hubble foi lançado. Mas, à medida que ele comprovava que "lá em cima há planícies sem fim", mais eu acreditava que cá em baixo há um mundo por contar. Nos últimos anos, tenho-me dedicado a contar estórias de, e sobre, os PALOP. Ser jornalista é a minha paixão, o sonho é contribuir para um mundo mais justo. Vamos a isso?"