A Netflix habitou, desde o início, os seus utilizadores a verem produções com qualidade e originais, mas agora o serviço de streaming vai ser ainda mais exigente.

De acordo com o The Information, o responsável pelo conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, afirmou em reunião com outros executivos pertencentes a televisões e estúdios de cinema que a empresa seria mais exigente no que diz respeito a grandes produções.

Apesar de todo o sucesso que o serviço tenha conseguido alcançar, não vão apostar em qualquer oferta para novas produções. Um dos exemplos dados pelo Sarandos foi o filme Triple Frontier, com Ben Affleck, um filme que custou 115 milhões de dólares (132,4 milhões de euros) mas não obteve o sucesso esperado.

Mas não quer dizer que a Netflix deixará de criar conteúdo original ou esteja menos recetiva a projetos que, de outra forma, dificilmente chegariam ao público. As séries como “Stranger Things” ou “La Casa de Papel”, por exemplo, são séries que dificilmente seriam aprovadas por televisões internacionais, sendo apostas arriscadas mas que se tornaram de forma rápida populares no serviço de streaming.