Nesta quarta-feira, 3 de julho, foi lançado um livro que nos apresenta Cabo Verde, as suas gentes e costumes, pelo olhar de duas escritoras de gerações diferentes. Vera Duarte e Susana Duarte deram vida a Cabo Verde: Um Roteiro Sentimental, Viajando pelas Ilhas da Sodad, do Sol e da Morabeza, com o selo da Mudjer Edições.

Este livro, segundo disse a escritora Vera Duarte, em declarações à Inforpress, foi um desafio que lhe foi lançado, há 5 anos, por uma Editora Brasileira para escrever um guia turístico de Cabo Verde, mas de carácter literário para divulgar no Brasil.

Entretanto, o processo não avançou porque resolveram editar outros livros, mas recentemente resolveu retomar este processo com o apoio da sua sobrinha, Susana Duarte, uma jovem da diáspora especialista em comunicação.

“O que nós queremos com este livro é falar de Cabo Verde de uma forma sedutora, de uma forma que façam com que os cabo-verdianos, aqui dentro e na diáspora, e os estrangeiros ao lerem a descrição de cada ilha, os atrativos de cada ilha sintam vontade de vir, de estar em Cabo Verde e desfrutem das coisas boas que existem no país”, afirmou.

Para a escritora, este livro é uma “declaração de amor a Cabo Verde e apresenta visões de duas gerações diferentes, isto é, uma visão de uma pessoa que nasceu e viveu no arquipélago e um olhar de uma jovem que nasceu, cresceu em Portugal e que há pouco tempo passou a viver cá”, mas que tem “muita admiração e amor” por Cabo Verde.

Memórias, costumes, a gastronomia, as festas populares, a música e a dança são algumas das descobertas a que o livro nos introduz e onde encontramos as histórias de cada ilha, as fotografias, o mapa e ainda o prazer de ler um extrato de um poema de um autor que simboliza ou representa essa ilha.