O ano de 2018 marcou o início de uma nova era no que respeita à rota de festivais de verão em Portugal. Pelas mãos de Dino de Santigo, o movimento urbano ganhou um novo rumo com Quarteira (a cidade onde o artista nasceu) como porta-estandarte.

Este ano, o evento, que vai ter lugar nos dias 16 e 17 de agosto, vai contar com a nata da música urbana lusófona. Allen Halloween, Branko, Eva Rap Diva, Jimmy P, Kojey Radical, M.D.A & Maskarilha, Mayra Andrade, Mina & Bryte, Mishlawi, Mundo Segundo & Sam The Kid, PEDRO, Perigo Público & Sickonce, Plutónio, Sacik Brow & Fragas, Dj Adamm, Dj Big, Dj Kwan e Progressivu são os nomes que compõem o cartaz.

O Movimento Sou Quarteira une quatro jovens locais – Dino D’Santiago, Inês Oliveira, Miguel Jacinto e Naomi Guerreiro – , “que procuram mostrar através de um conjunto de atividades o talento de Quarteira em várias áreas, desde das artes ao desporto”, explica a organização.

O objetivo dos quatro passa por “afirmar a identidade de Quarteira na sua globalidade: geográfica, cultural, social e económica, procurando mostrar a diversidade de experiências culturais e sociais que valorizem a cidade, além da indústria do turismo balnear e da hotelaria”. 

Numa parceria com a Câmara Municipal de Loulé, a par do festival de música, estará patente a exposição “Heróis de Quarteira”, que visa “honrar personalidades que contribuíram de alguma forma para o desenvolvimento cultura e social de Quarteira” e terá antestreia um documentário.

A primeira edição do Sou Quarteira que aconteceu em julho de 2018 teve as suas portas abertas ao público gratuitamente, mas este ano os ingressos vão estar disponíveis por 10 euros, para entrada diária, e por 15 euros para acesso aos dois dias do evento. Os moradores de Quarteira terão descontos na tarifa.

Director do Video : Miguel Jacinto