AMAURA é a definição de fusão entre culturas e um exemplo da mistura que compõe o panorama musical português actual.

Nascida e criada na cidade das Sete Colinas, Lisboa, Maura Magarinhos desde cedo descobriu a sua paixão pela música. Autodidata, começou a compor os seus primeiros temas sobre bases instrumentais de outros artistas, evoluindo pouco a pouco na escrita que a caracteriza. O rio Tejo surge sempre como pano de fundo para os vários episódios rotineiros abordados nos seus temas, transformados em momentos únicos através da combinação das palavras que escreve e a voz madura com que as interpreta.

O assumir-se como cantora veio mais tarde, incentivada por amigos, e fez com que fosse atrás de uma paixão antiga, fazer R&B escrito e cantado em português.

Percorreu o circuito de bares da grande Lisboa e após fazer pequenos concertos com bandas como Bling Project ou TNT, surgiram convites para colaborar com nomes sonantes da cultura urbana portuguesa, como Sam The Kid ou Fred Ferreira (Buraka Som Sistema, Orelha Negra).

A jovem artista dá agora os primeiros passos numa carreira a solo que se prevê ascendente e com muito sucesso, e está prestes a lançar o seu primeiro registo discográfico chamado Em Contraste.

Ouvi-la é um bálsamo. Não só pelas temáticas mas também pela voz inconfundível que começa a ser habitual nas estações de rádio da capital portuguesa. Inspiração em nomes como Jorja Smith, NAO ou H.E.R. reforçam a sua identidade única e AMAURA é já parte do futuro da Soul e R&B em português.

Agosto começa em grande para a artista, que lançou nova música. O novo tema “Dança” é o primeiro videoclipe de estreia do seu novo projeto.

A música transmite positividade e uma alegria que contagia qualquer público. O single estará disponível em todas as plataformas, após já ter sido cantado na sala do musicbox.

O videoclipe junta várias cores, conceito aplicado na mixtape que é uma reflexão daquilo que é a cantora de r&b que conquista qualquer um.