Morreu nesta segunda-feira, 12, um dos artistas mais importantes da Costa do Marfim, Ange Didier Huon, mais conhecido como DJ Arafat, vitima de acidente de moto.

De acordo com a clínica médica de Abidjan (cidade da Costa do Marfim) e a revista de notícias pan-africana de língua francesa Jeune Afrique, DJ Arafat “foi internado na sala de emergência em estado vegetativo. Teve uma fratura craniana e um edema(…) As equipas médicas tentaram ressuscitá-lo, sem sucesso.”

“Estou na clínica onde o DJ Arafat foi admitido. E posso confirmar que o artista faleceu. Estou com o ministro de Estado Hamed Bakayoko para nos reunirmos com a família”, disse Maurice Bandaman, ministro da Cultura e Francofonia da Costa do Marfim.

Muitos são os fãs, amigos e artistas, como Davido, que têm demonstrado a sua tristeza nas redes sociais pelo considerado “rei do Coupé-Décalé” (estilo de música e dança que teve origem na Costa do Marfim, inspirado no Zouglou e Zouk.)

A carreira de Ange Didier Huon ficou marcada pelos hits que se tornaram hinos na Costa do Marfim e que, rapidamente, alcançaram a Francofonia, e outros pontos do mundo. O cantor foi eleito o melhor artista do ano no Coupé-Decalé Awards em 2016 e 2017.

“Yorobo” ou “Comandante Zabra”, dois dos seus apelidos mais populares, nasceu em 1986, numa cidade no oeste de Abidjan. Abaixo podes ouvir o seu último single “Moto-Moto” com mais de quatro milhões de visualizações: