Jogos Africanos: São Tomé e Princípe conquistou medalha de ouro em Canoagem

Decorre em Rabat, Marrocos, desde o dia 19 de agosto os 12.º Jogos Pan Africanos 2019, que se estendem até ao sábado, 31. São-Tomé e Príncipe acaba de brilhar ao conquistar a medalha de ouro em Canoagem.

Bully Triste e Rock Ramos foram os responsáveis pela medalha de ouro em nome de São Tomé e Princípe, o que lhes dá automaticamente, acesso para os Jogos Olímpicos de Tóquio, Japão em 2020.

Os dois “vedetas” das lhas Maravilhosas – como são carinhosamente apelidadas – Bully Triste e Rock Ramos, sagram-se campeões em C2 Canoa nos 1000 metros e, já na especialidade C1 o capitão da seleção nacional, Bully Triste obteve medalha de prata.

“Este país dispõe de atletas com capacidades e qualidades para chegar aos altos patamares do desporto internacional”, subinhou a Federação Internacional de Canoagem após a vitória de São Tomé e Príncipe.

João Costa Alegre, presidente da Federação da modalidade acrescentou ainda que “esta vitória não tem preço. Isto é o fruto de muito esforço e dedicamos este esforço ao povo de São Tomé e Príncipe. Canoagem é a maior modalidade de São Tomé e Príncipe. O Homem sonha, a obra nasce”.

Felipe Neto, treinador e chefe de missão dos Jogos Africanos para São Tomé e Príncipe, mostrou o seu agrado e felicidade com a qualificação da seleção e concluiu que se “torna necessário que o país faça mais investimentos para colher fruto noutras modalidades.”

nv-author-image

Wilds Gomes

Sou um tipo fora do vulgar, tal e qual o meu nome. Vivo num caos organizado entre o Ethos, Pathos e Logos - coisas que aprendi no curso de Comunicação e Jornalismo. Do Calulu de São Tomé a Cachupa de Cabo-Verde, tenho as raízes lusófonas bem vincadas. Sou tudo e um pouco, e de tudo escrevo, afinal tudo é possível quando se escreve.