Ela é trap, mas nasceu no jazz. Gosta de tudo diferente, gosta de tudo igual. É assim que AMAURA se apresenta no seu primeiro trabalho a solo, EmContraste, lançado em setembro.

Maura Magarinhos ou AMAURA é uma mistura de cores e uma fusão nitida de culturas que compõem a sua pessoa e realidade. Essa fusão foi passada de uma forma muito natural e orgânica para o seu álbum, EmContraste, que contém 11 canções que balançam entre o R&B e o Soul music.

AMAURA dá-nos um álbum intimista, com uma história para contar. Com uma sonoridade atual com alguns toques de SZA e Jorja Smith, mas que nos remete ao R&B feito em Portugal, em meados dos ano 2000, por um eterno romântico, Gutto e também New Max.

A forma simples e a maneira como brinca com as palavras e frases vão de encontro às melodias que compõem cada faixa do álbum, que a tornam única e faz com que seja uma das vozes mais promissoras da música Soul e R&B feita em Portugal.

AMAURA tem um extenso currículo de colaborações, entre elas com Sam the Kid, Bob The Rage Sense, Beware Jack e Fred Ferreira, que ajudaram a trilhar o caminho certo para dar vida ao seu primeiro trabalho a solo.

Abaixo podes ouvir EmConstraste, uma mistura musical interessante e um contraste das baladas mais suaves com as batidas groovy de um Nu-soul feito à sua maneira e na língua lusa: