On The Maps é o título do primeiro EP da B-Ünik. A label, que já conta com três anos de existência, escolheu o dia 7 de outubro de 2019 para disponibilizar a sua primeira obra. Com oito faixas musicais e a participação de todos os membros da produtora, On the Maps conta com muita diversidade musical, que demostra o comprometimento da label em conquistar diferentes tipos de público.

A B-Ünik acabou de completar o seu terceiro aniversário e, com certeza, é um nome do qual já ouviste falar. Caso contrário, presta atenção porque, nos próximos tempos, a B-Ünik vai estar em destaque no cenário musical angolano, em particular, e lusófono, no geral.

A label formada por Ary Boy, D3GV$, Soba Blake, Rigoberto Torres, Nuno Pontas, Tchu Mario Wanga, Aifos, Yankei, Fábio S, Mary’J e Jay Monsta disponibilizou esta segunda-feira, 7 de outubro, a primeira obra discográfica conjunta.

O EP On the Maps, em português “no mapa”, conta com oito faixas musicais em 33 minutos de música. As produções são de DJ Black Spygo, YC Beats, Sandro Beats e do C.E.O D3GV$. Há ainda as colaborações vocais do ex-membro Uami Ndongadas e Johnny Berry.

“On The Maps só saiu agora por excesso de profissionalismo e uma pitada de ironia. É um trabalho que estava projetado desde a criação do grupo. Apesar das músicas estarem prontas há algum tempo, não era ainda daquela forma como D3GV$ e os membros mais antigos do grupo queriam mostrar a label para o mundo, explica-nos a B-ünik. Com o tempo, foram limando todas as arestas e agora sim o trabalho espelha o que é a produtora.

“Ao fim de três anos, entre várias entradas e saídas de artistas, ganhamos a experiência suficiente para escolher o tipo de artistas que se queremos na label e o tipo de pessoa com quem queremos trabalhar e colaborar”, explicou-nos D3GV$.

Foi necessário existir uma união e harmonia dentro da label principalmente no aspecto criativo, “porque na arte cada pessoal tem a sua forma de se expressar. Inicialmente foi difícil porque, por exemplo, tens de juntar um Aifos que adora fazer música acústica com um Rigo que gosta de fazer Boom Bap. Selecionei os atuais membros porque cada um tem uma forma diferente de mostrar a sua arte”, continuou o CEO da label.

“Durante este três anos, estivemo-nos todos a preparar para este EP, que é o primeiro de vários. Dá muito trabalho um jovem liderar e organizar um grupo de jovens e rappers todos com egotrip e que tiveram de aprender ouvir a opinião de alguém. E mesmo não, concordando tiveram também de aprender aceitar”.

E mesmo na sua posição de CEO? D3GV$ explica que também teve de aprender a ouvir os outros. “Porque se nós falamos, cantamos, temos de aprender a ouvir. Tivemos de passar por este processo para perceber, explorar e estudar o que as pessoas querem”.

O EP On The Maps está disponível em todas as plataformas digitais.