É do domínio público que nos encontramos embrenhados em valores descalibrados. E foi essa mesma ignição que acendeu a chama para que Da Soul lançasse a faixa “Céu Azul”.

Segundo o próprio, “trata-se de um apelo sonoro simples que convida a abraçar a analogia do céu azul, através da consciencialização, escapar da ilusão de um estado de ser líquido, onde tudo é descartável e passageiro, em oposição ao real propósito da existência”.

Este tema surge depois da apresentação de temas do seu álbum Regeneração no espaço Anexo, no passado dia 28 de setembro.

O single alicerça a sua dedicação musical e consolida o seu estilo minimalista dentro daquilo que é a música ambiente, percursora da determinação interior e da subtileza nas melodias simples.

Escrito por Da Soul, “‘Céu Azul’ é poesia sonora onde de forma simples o artista une a meditação e a composição. Um tema que reflete a esperança por dias prósperos e luminosos, apaziguadores da desarmonia”.