Keith B Angola o rapper angolano que reside em São Paulo, Brasil, está de passagem pela província das acácias rubras, Benguela, Angola, para negócios dentro e fora música.

E como um bom filho da casa, disponibilizou um storytelling da sua própria vida, “Carta dos Anos 80”. A música conta a história do menino Iury Coelho, nome de registo de Keith, que se autoproclama mestre do storytelling.

Num breve relato sobre a sua infância passada em Benguela, sua terra natal, Keith brinda-nos com uma viagem no tempo, acompanhado pelo seu conterrâneo Eliei. Em cima de um beat boom bap, e que se cruza com a melodia rnb de Eliei, o rapper relembra as tormentas que ultrapassou quando era miúdo, as alegrias e as saudades.

Coincidência ou não, o flow empregue na faixa faz-nos lembrar muito o luso-Santomense que reina o hip hop em Portugal, Valete, não fosse este o suprassumo do storytelling. “Carta dos Anos 80” é uma história boa e com um excelente beat e que ao terminar faz lembrar o final da primeira temporada de Game of Thrones, a série da HBO lançada em novembro de 2008.