A iliteracia financeira é um dos principais, se não o principal, entrave a uma vida próspera. Saber gerir dinheiro [mesmo que seja uma pequena quantidade] é meio caminho andado para aumentar riqueza e é exatamente isso que faz Eddie Freire.

Angolano, de 26 anos e estudante de Finanças e Negócios, Eddie iniciou a sua vida na escrita para ensinar jovens a empreenderem com a mesada dos pais. O que escreve é “desenvolvimento e percepção de conceitos e exemplos práticos”.

Imagem DR

O primeiro livro, Como Ser Empresário Com o Dinheiro dos Pais, é composto por onze lições e um flow diagram que servirão de guia aos leitores. Alguns subtítulos são apresentados em forma de pergunta, como, “Precisa de dinheiro ou quer dinheiro?” onde, o autor profere alguns conselhos aos leitores como “mais vale sobrar do que faltar”, e faz também alguns reparos de quais são os meios e o que é, de forma básica, “pobreza intelectual”.

Um dos capítulos que poderá prender a atenção do leitor é: “Será que o património dos seus pais lhe pertence?”, dissuando a questão que, para muitos, não era, até então, objeto de reflexão.

Como Ser Empresário Com o Dinheiro dos Pais há também uma lição para os infiéis: “Quando temos mais de uma parceira tudo se torna mais complexo, porque na tentativa de resolvermos um problema arranjamos dois ou mais…”.

Become a Patron!

Eddie explicou-nos que este livro nasceu através da má utilização dos seus recursos, tal como acontecia com os seus amigos. “Até que um dia decidi organizar-me financeiramente”. Entrou para o mundo da literatura porque queria partilhar com as pessoas o conhecimento sobre organização financeira por “existir pouca influência deste assunto no meio dos angolanos”.

Desde o lançamento da obra, Eddie já passou em cerca de 20 escolas entre Luanda e Benguela, para ministrar palestras motivacionais. Apesar da crise que assola o país, o autor indica ter vendido muitos livros durante as essas palestras (embora sem indicar um número exato), o que revela nos jovens uma propensão a tentar desvendar formas de saírem do ciclo vicioso de pobreza ou de estagnação financeira.

As influências literárias do escritor passam pela lusofonia e na sua lista tem nomes como Augusto Cury, Paulo Coelho e Tiago Brunet.

O objetivo até ao final do ano é continuar a difundir o livro nas palestras escolares e chegar aos jovens fora de Angola.

Como Ser Empresário Com o Dinheiro dos Pais já garantiu ao escritor um lucro de 640 mil kwanzas e está também disponível, gratuitamente, em versão inglesa e em audio-livro em português.

Carrego a cultura kimbundu nas veias. A minha angolanidade está presente a cada palavra proferida. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O meu mantra é "o conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, portanto, não seja recluso da ignorância".