Roda Viva restaurante

No Roda Viva, em Alfama, fundem-se sabores e saberes de Moçambique

Em Lisboa, em pleno bairro que consagrou o Fado, Alfama, há uma Roda Viva de pratos que nos cheiram a Moçambique. No número 11 do Beco do Mexias, podemos pedir uma matapa de camarão com a certeza de que será um regalo.

E não são apenas pratos típicos da Pérola das Acácias que saem da movimentada cozinha do Roda Viva, a cachupa rica é bastante apreciada por quem lá passa.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Roda Viva (@rodavivarestaurante) a

“Um restaurante muito bom, se quiserem qualidade e um serviço muito bom, vão lá! O serviço de mesa foi adorável e amámos os pratos, que têm um preço bastante acessível!”, o comentário é da francesa Alexia que pretende repetir a passagem por este espaço gastronómico onde se fundem sabores, geografias e saberes.

E se por acaso a carne não entra no teu menu, não te preocupes, o Roda Viva também confecciona pratos vegetarianos. O restaurante está aberto ao público todos os dias, às segundas e terças a partir das 18 horas e nos restantes dias abre para o serviço de almoços das 12 às 16 horas e para o jantar das 18 às 00 horas.

 

BANTULOJA
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.