O desabafo em “Lágrimas” de Slow J

O novo vídeo tem a assinatura de Made in Lx, produção de Slow J, Fumaxa & Charlie Beats e a participação dos dançarinos Inês Gameiro e Tomás Martins.

Em outubro deste ano, Slow J confidenciou-se com os seus fãs através de “Também Sonhar” (Parte I), com Sara Tavares, em que partilha a vontade de ser pai e a necessidade de não adiar os sonhos pelas responsabilidades nem vice-versa. Este olhar íntimo sobre as suas experiências pessoais, têm agora continuidade com a segunda parte desta narrativa visual, em “Lágrimas” (Parte II), onde ouvimos o artista falar sobre o sofrimento, fazendo referência a um aborto espontâneo sofrido pela sua companheira.

Ambas as músicas fazem parte do novo álbum do artista, You Are Forgiven.

O novo vídeo tem a assinatura de Made in Lx, produção de Slow J, Fumaxa & Charlie Beats e a participação dos dançarinos Inês Gameiro e Tomás Martins.

No seu Instagram, Slow afirma que esta música é “especial” e uma peça central do novo álbum.

Aos 45 segundos do videoclipe de “Lágrimas” o artista explica o que está na origem da música. “Passar por um aborto espontâneo acontece a muita gente, mas pouco se fala sobre isso. Isto sou eu a falar sobre isso. Espero que outros possam sentir-se menos sozinhos ao passar pelo mesmo.”

“Lágrimas” é uma narrativa de amor no luto, que é contada por um casal de dançarinos neste vídeoclipe através da dança contemporânea, de uma forma pessoal, intíma e que espelha as emoções vividas pelo casal.

Relembramos ainda que Slow J é um dos nomes confirmados no Festival ID NO LIMITS que acontece nos dias 3 e 4 de abril de 2020, no Centro de Congressos do Estoril.