Queremos dar-te a conhecer Bruxão. De origem guineense, o artista é natural de Cascais, arredores de Lisboa, e cresceu no Forte da Casa. Se foi baptizado com o nome Moisés, de inspiração bíblica, recebi o nome artístico de Bruxão porque a avó dizia que “tudo o que fazia era coisa de Satanás”.

Na música, os seus últimos trabalhos são os singles “Gulliver” e “Hermenêutica”. Este último, acabado de lançar, teve a sua inspiração no verbo grego “hermēneuein” que significa “declarar”, “anunciar”, “interpretar” e é isso que Bruxão se propõe fazer num cenário sobrepovoado do HipHop Nacional.

O tema foi produzido por Beatoven e conseguiu destaque no Spotify, com a inclusão no dia de lançamento na Playlist Editorial “New Music Friday Portugal” e agora na maior playlist editorial do Spotify em terras lusas, a “Rap Tuga”.

Com o selo Big Bit Música, o novo single já está disponível nas plataformas digitais e o artista já está a preparar o ano de 2020, em parceria com a Universal.