“Fidju Maria” de Chullage com Dino D’Santiago é música para espírito negro

Chullage volta a vestir a pele de Prétu no novo single “Fidju Maria” com a participação de Dino D’Santiago.

Este é o segundo single de Prétu depois de “Waters (Pa Nu Poi Koraji)”, criado em colaboração com Lowrasta, que saiu em Junho deste ano.

Prétu é um projeto onde Chullage decidiu juntar o seu próprio universo sónico ao universo mais obscuro das suas letras. O resultado é a justaposição e transformação das suas origens e referências africanas, com as suas influências eletrónicas para expressar o seu pensamento sobre o colonialismo, o pan-africanismo e o contexto político de África e da sua diáspora.

Ao contrário do que aconteceu nos álbuns em que assinou como Chullage, “Waters (Pa Nu Poi Koraji)” foi produzida pelo próprio artista, a partir de um universo de samples que sempre tiveram ressonância em si ou que fazem parte das suas memórias de infância. “O single evoca uma reflexão sobre o racismo presente que penetra em todas as coisas em estados diferentes, como a água”, explica-nos Prétu em comunicado enviado à redação.

O videoclipe do single “Fidju Maria” teve a realização do próprio artista, em colaboração com Mónica de Miranda, e é uma edição conjunta da TchadaElektro com a Hangar Music.

Nesta mais recente investida musical, Chullage passa também a assumir a produção integral dos seus temas “a partir de um universo de samples que sempre tiveram ressonância em si ou que fazem parte das suas memórias de infância”. Neste caso, a música é construída a partir de um sample de “Aian, Recondacan Di Amizadi”, canção de Antonio Sanches & Tchota Suari.