Depois de Burna Boy, Julinho KSD e Trippie Red, Marlene Tavares aka Nenny é a mais recente confirmação do festival de verão Sumol Summer Fest. A cantora de apenas 17 anos atua no dia do norte-americano Trippie Red, 4 de julho, último dia do festival.

Foi com o tema “Sushi”, lançado no ano passado, que Nenny fez com que o panorama musical português colocasse os olhos nela. São muitos os milhões de visualizações que se contam no YouTube, com o primeiro single e com temas como “Bússola“, “On You”, “21”, “Dona Maria” e “+351 (call me)”.

Nenny é considerada um furacão do novo rnb português. Chegou em pouco tempo e já fez “estragos”, conquistando uma legião de fãs um pouco por todo a parte da lusofonia e apenas com seis músicas disponibilizadas.

De Vialonga – Linha da Azambuja – para o mundo, Marlene Fernanda Cardoso Tavares quando canta mostra que veio para ficar. A música faz parte de si desde criança, influenciada pelos seus pais, cresceu a ouvir um pouco de tudo, desde funaná, batuku, kizomba, hip hop, entre outros géneros que de certa forma influenciaram a sua personalidade artística, que resultou na Nenny.