“Meu Deus”, não é de “Cafeína” que vamos precisar para aguentar o espectáculo que Plutónio nos reservou para os dias 14 e 22, em Portugal. O artista vai apresentar-se pela primeira vez em nome próprio em dois dos palcos mais conceituados da expressão urbana e Portugal, o Coliseu, em Lisboa, e o Hard Club , no Porto.

Em outubro, o rapper lançava o seu último álbum, Sacrifício, de onde saíram “Lucy Lucy”, “1 de Abril” e “Meu Deus”.

O álbum, que vai ser apresentado nestes dois concertos, é também uma homenagem a Chullage que, em 2001, se estreou com o álbum Represálias e que tinha o mesmo subtítulo de Sacrifício, “Sangue, Lágrimas e Suor”.

Plutonio, luso-moçambicano, é filho de uma geração que emigrou de África depois da independência das ex-colónias. Cresceu e ainda hoje vive no bairro da Cruz Vermelha, na periferia do concelho de Cascais.