Cabo Verde está na corrida às qualificações para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020, que vão decorrer de 20 a 28 de fevereiro. Taekwondo e boxe são as modalidades onde o país mais se faz notar.

Os atletas que representam o arquipélago já se encontram em Rabat, Marrocos. No taekwondo, são quatro os atletas no Torneio Africano, em busca de qualificação para Tóquio’2020, que acontece de 24 de julho a 9 de agosto.

Jogos Olímpicos
Atletas cabo-verdianos à procura da qualificação para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Segundo a programação da Federação Cabo-verdiana de Taekwondo, competem a atleta Maria “Zezinha” Andrade – vencedora da medalha de ouro no German Taekwondo Union, 38th International Reutlingen / Tübingen C , na Alemanha – , Sofia Reis, Nicalas Fernandes e Sanderson Vicente, todos residentes nos Estados Unidos da América e Alemanha.

“A federação encara esse torneio como mais uma oportunidade para os atletas crioulos adquirem conhecimento, mas sobretudo para atingirem os mínimos resultados que permitem a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio’2020” afirmam.

Maria “Zezinha” Andrade não é uma estreante no concerne os Jogos Olímpicos. Ao conseguir uma medalha de prata no Campeonato Africano de 2016, Zezinha conseguiu chegar ao Rio 2016.

Neste segunda-feira a seleção de Cabo Verde de boxe partiu para Dakar, Senegal, representada pelos atletas David Pina de 52 quilos, Wilson Semedo de 57 quilos, Nancy Moreira feminino de 69 quilos e Davilson Morais de +91.

Em declarações à imprensa, o treinador e selecionador nacional de boxe, Adilson Varela, afirmou que a equipa tem trabalhado muito e com um treino intensivo.

O treinador acredita que estão ”todos confiantes” e que Cabo Verde “está no seu ponto alto” e assim deposita toda a sua confiança nos seus atletas e acredita que todos darão o seu melhor. “Acredito que vamos fazer um trabalho de qualidade em Dakar”, concluiu.

A atleta Nancy Moreira, residente em Portugal, pugilista do Futebol Clube do Porto, internacional por Cabo Verde, já alcançou uma medalha de bronze nos Jogos Africanos e é tricampeã portuguesa de boxe e vai juntar-se à comitiva cabo-verdiana em Dakar, esta terça-feira, 18.

Apesar de na seleção existir uma baixa do atleta internacional Albertino Monteiro, por ter fraturado a mão, Adilson Varela acrescentou ainda que os atletas representados trarão algo de bom para Cabo Verde. Com o objectivo de chegar a Tóquio, este é um momento “muito importante porque é daí que irão se qualificar para poder ir para os Jogos Olímpicos”.

Já Belmiro Gomes, afirma que “a finalidade é partir para Dakar esperando ter uma boa prestação, com uma expectativa muito alta e ambição de se qualificarem.”

O dirigente da equipa, acredita que estes dois dias que faltam para o início da qualificação serão uma oportunidade de um treino mais intenso, “apesar de Cabo Verde possuir condições mínimas de trabalho para os atletas.”