BAL

Estas são as 12 equipas que vão competir na Liga Africana de Basquetebol (BAL)

No dia 15 de fevereiro foram anunciados os 12 clubes de 12 países africanos que farão parte da competição inaugural da Liga Africana de Basquetebol.

A BAL (sigla de Basketball Africa League em inglês) é a principal liga de basquete de África , cuja fase de apuração começou no passado.

O sistema de apuração das equipas consistiu primeiramente na selecção de 32 clubes de todo o continente. A primeira ronda do torneio de qualificação começou dia 16 de outubro e terminou a 3 de novembro.

As equipas foram divididas em seis grupos, nos quais os dois primeiros classificados teriam acesso à rodada seguinte. Além destas, mais quatro equipas foram convidadas a fazer parte da segunda rodada da fase de qualificação.

Dos 12 selecionados, seis equipas, provenientes de Camarões, Mali, Moçambique, Argélia, Ruanda e Madagáscar, tiveram de passar pelo torneio de apuração para conseguirem alcançar a qualificação. Oque nã aconetceu com os campeões das principais ligas do Egipto, Nigéria, Senegal, Angola, Tunísia e Marrocos, que tiveram as suas participações garantidas na liga.

A conferência oficial do BAL realizou-se em Chicago, nos Estados Unidos da América, contou com a presença de figuras do meio, como Dikembe Mutombo que é Embaixador Global da NBA, Adam Silver que é o atual Comissário da NBA e, claramente, a presença de Amadou Fall, presidente da liga que anunciou e expressou a sua satisfação com o evento. “Este é um momento histórico, uma vez que damos boas vindas às 12 equipas que irão participar da nossa temporada inaugural”.

As equipas terão direito a disputar cinco jogos da fase regular da liga, realizados nas cidades de Cairo no Egipto, Salé em Marrocos, Monastir na Tunísia, Dakar no Senegal, Luanda em Angola e a fase de play-offs e final será em Kigali, no Ruanda.

Os equipamentos oficiais, roupas de aquecimento e de treino também serão fornecidas pela liga, através das marcas Nike e Jordan Brand.

Angola e Moçambique são os únicos países de expressão portuguesa que irão fazer parte da liga, que terá início dia 13 de Março.

nv-author-image

Bruno Dinis

Carrego a cultura kimbundu nas minhas veias. Angolanidade está presente a cada palavra proferida por mim. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, por tanto, não seja recluso da ignorância.