O rapper norte-americano, Pop Smoke, de 20 anos, que tinha concerto marcado para 8 de julho na praia da Rocha, em Portimão, no festival Rolling Loud, morreu nesta terça-feira (19) durante um assalto na sua casa em Los Angeles, nos Estados Unidos.

De acordo com o site TMZ, o rapper Pop Smoke foi morto a tiro durante um assalto, esta quarta-feira de madrugada. O músico encontrava-se em casa quando dois homens invadiram a propriedade e dispararam várias vezes, atingindo o norte-americano de 20 anos.

Os assaltantes usavam “máscaras” e fugiram do local a pé, não tendo ainda sido detidos. Mais tarde uma pessoa foi detida, e logo depois foi libertada pela polícia, por não ter ligações com o crime.

O rapper Bashar Barakah Jackson – nome verdadeiro – ainda foi levado para o hospital Cedars-Sinai, mas acabou por morrer.

Foi com a música “Welcome to the Party” em 2019, que Pop Smoke directamente de Brooklyn, se fez notar. O rapper chegou a trabalhar com nomes conhecidos como Nicki Minaj e Travis Scott.