Do Barreiro para o mundo, a 283 Gang é a crew que surgiu como um clube da Championship que não chateia ninguém da Premier League, mas mesmo assim está prestes a vencer a taça da Inglaterra “The FA Cup”.

Colombiana Call Me Gringo, Clyde, Breezy6ix, Silva, RGZUS, Hated, Mad, Sandrini, Chiefg e o “Ronaldo Di Drill” Minguito são os principais nomes desta crew do Barreiro que mergulhou de cabeça no sub-género do Trap Music.

Drill ganhou força em Londres, principalmente na zona de Brixton, e tem-se espalhado pela Irlanda, Austrália, França e Portugal.

Convidámos RGZUS, Hated, Chiefg, Mad, Sandrini, Chiefg e Minguito para uma conversa sobre o sucesso do grupo e o negócio por de trás dos números, do reconhecimento do movimento em Portugal e a atenção que tem chamado na lusofonia.

Uma conversa com mais de 30 minutos, de onde tirámos um vídeo de 13 minutos. A conversa completa está em formato podcast no Spotify, Apple Podcasts e Soundcloud.

Em vídeo temos uma conversa aberta sobre o Drill em Portugal, e a vivência dos próprios rappers dentro do movimento e os seus planos a curto e longo prazo.

No formato áudio podes ouvir mais sobre as suas carreiras, além dos seus pontos de vista a nível social, sobre o facto de serem criados no bairro, a descriminação social e o tema mais falado atualmente em Portugal, o racismo e as suas nuances.

Apesar de ter mais pessoas a fazerem o estilo, a crew 283 Gang acaba por ser a maior representante do movimento em Portugal.

Na linha da frente tem Minguinto, que entrou no panorama musical há cerca de um ano, tem seis faixas musicais, acumula mais de três milhões de visualizações no seu canal de YouTube, e conta com mais de 500 mil streamings no soundcloud e mais de 34 mil ouvintes mensais no Spotify.

De relembrar que, esta não foi a nossa primeira conversa com alguns membros da crew. Já falamos antes com Mad e mais de uma vez com Minguito. As entrevistas podem ser encontradas no site da BANTUMEN ou em vídeo no canal de YouTube.