A cerimónia da 2.ª edição dos Play – Prémios da Música Portuguesa, marcada para 25 de março no Coliseu de Lisboa, foi adiada, “seguindo a recomendação da Direção-Geral de Saúde”.

“Seguindo a recomendação da DGS [Direção-Geral da Saúde] e tomando em consideração a evolução da infeção da COVID 19 a nível de risco para saúde pública em Portugal, a Passmúsica, promotora do evento PLAY – Prémios da Música Portuguesa, vem comunicar a decisão de adiar o evento originalmente agendado para dia 25 de março de 2020”, refere a organização num comunicado hoje divulgado.

A PassMúsica está “a desenvolver diligências para o reagendamento do evento no mais curto espaço de tempo possível, em função da evolução deste surto e em articulação próxima com as autoridades de saúde nacionais”.

O Governo português recomendou a suspensão de eventos em espaços fechados com mais de mil pessoas e em espaços abertos com mais de cinco mil.

Slow J, juntamente com o grupo Capitão Fausto, lidera a corrida aos PLAY, com três nomeações cada.

ProfJam, com o seu primeiro álbum de originais, #FFFFFF (branco), está nomeado para Melhor Álbum.

Depois de um 2019 cheio de força e um início de 2020 com duas músicas lançadas que já contam com três milhões de visualizações, os Wet Bed Gang também estão na corrida aos prémios com o tema “Bairro”, e “Bússola”, de Nenny, pela Canção do Ano.