A norte-americana Adobe não ficou indiferente à pandemia do Coronavírus e anunciou esta semana que os seus serviços da Creative Cloud passarão a ser gratuitos, incluindo o Photoshop, Premiere Pro ou o InDesign. A iniciativa é um gesto que pode ajudar muitos estudantes que se encontram confinados em casa e que precisam de tais ferramenta para continuar a estudar no domicílio.

“A partir de hoje, estamos a oferecer aos nossos clientes – que atualmente disponibilizam aplicativos da Creative Cloud para os alunos – a possibilidade de solicitar um acesso doméstico temporário para os seus alunos e educadores ”, explica a Adobe no seu blog. O acesso gratuito é concedido até 31 de maio de 2020 sem custo adicional.

Para solicitar o acesso, basta preencher este formulário online e os aplicativos podem ser usados através de um smartphone.

Os trabalhadores da área de design e/ou criação de produtos, e que têm sentido o impacto da desaceleração da economia devido à pandemia de Coronavírus, também foram incluídos nesta campanha da Adobe. Este grupo de profissionais também vai beneficiar de assinatura gratuita da plataforma por dois meses.

Nas redes sociais, há relatos de residentes dos EUA, Reino Unido e Portugal, mas é bem provável que seja uma política global e também abranja outros países da Lusofonia.

Para verificar se tens direito à oferta, faz login na tua conta da Adobe e acede à página de Assinaturas; na parte inferior, seleciona “Gerir plano”. Solicita o cancelamento do teu plano e fornece um motivo aleatório (ou especifica ser devido ao COVID-19); confirma a solicitação e, em seguida, confere se a opção para a oferta de dois meses aparece.