Emma Theofilus tem 23 anos e é a mais nova ministra da Namíbia a integrar um governo naquele país e de África. Theofilus foi nomeada, segunda-feira, 23 de março, vice-ministra de Tecnologia da Informação e Comunicação da Namíbia, pelo presidente Hage Geingob.

O recorde anterior pertencia a Yacine Oualid, 26, a ministra mais jovem do governo da Argélia. Emma Theofelus também foi nomeada membro da Assembleia Nacional, entre os oito membros que o Presidente da Namíbia está autorizado a nomear. Além de ser a ministra mais jovem de África, Emma Theofilus também se torna a deputada mais jovem da Namíbia.

Bacharel em Direito (com distinção) pela Universidade da Namíbia, a jovem ministra tem um diploma em Feminismo Africano e Estudos de Género, pela Universidade da África do Sul, e um diploma em Administração de Empresas, pela Amity Universidade da Índia.

Antes da sua nomeação, Emma Theofilus era notavelmente membro do Parlamento Infantil, onde atuou como vice-presidente. Nessa posição, era a representante oficial da juventude e foi articulada entre o governo e os jovens da Namíbia, como defensora dos direitos da criança e contribuiu para a formulação de políticas para promover o desenvolvimento de crianças e adolescentes.

Emma Theofelus também foi advogada do Ministério da Justiça, na Diretoria de Serviços Jurídicos, que lida com questões de direito internacional humanitário, assistência jurídica mútua, cooperação internacional, questões de manutenção, serviços mútuos processos civis e outros.

Desde dezembro de 2017, também é membro do conselho de administração do Conselho Nacional de Educação Superior da Namíbia, responsável por monitorar a evolução do cenário do ensino superior na Namíbia em termos de mecanismos novos e aprimorados. foram estabelecidos no setor e estimulam e garantem a qualidade nas instituições de ensino superior da Namíbia, a fim de alcançar padrões de qualidade de classe mundial.

Enquanto estudava, Emma Theofelus era consultora jurídica da organização nacional de estudantes da Namíbia.

Entre os ministros mais jovens de África estão Bogolo Joy Kenewendo, 33 anos, Ministro de Investimentos, Comércio e Indústria do Botsuana; Maha Issaoui, 32, Secretária de Estado do Ministro da Saúde da Tunísia; Kamissa Camara, 37, Ministra da Economia Digital e Prospectiva do Mali e Kirsty Coventry, 36, Ministra da Juventude, Esporte , artes e recreação do Zimbábue.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Carrego a cultura kimbundu nas veias. A minha angolanidade está presente a cada palavra proferida. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O meu mantra é "o conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, portanto, não seja recluso da ignorância".