A convite de Slow J, “Bem vindo a casa”

A quarentena pode também ser uma boa oportunidade para refletir, reencontrar, criar e reinventar, que é exatamente o que o rapper Slow J está a fazer.

É obrigatório estar em casa, sair só caso seja realmente necessário, como para compras de necessidades básicas ou saúde. É a única forma de evitar que o vírus se alastre e o contágio seja menor entre as pessoas.

Sabemos que é uma missão difícil de cumprir mas, para te ajudar, fizemos aqui uma lista de coisas para te poderes entreter e acabares com o tédio. A quarentena pode também ser uma boa oportunidade para refletir, reencontrar, criar e reinventar, que é exatamente o que o rapper Slow J está a fazer.

No contexto em que vivemos atualmente, Slow J abraçou a obrigação de isolamento como tempo e espaço para se reencontrar e reinventar. E desta reflexão interior, motivada pelo confinamento, surgiu “Bem-Vindo a Casa”, uma música cuja letra expressa, para o autor, “o que de dentro de mim vem”, como podemos ouvir no refrão.

“Eu não estou preso aqui, eu só voltei,
aqui eu só ostento o que de dentro de mim vem
bem vindo a casa ao que de melhor tens”

Esse novo single é um alerta para todos os que se encontram em casa, confinados às quatro paredes, mas é também uma mensagem de força. Nas palavras do próprio, “é em casa que eu volto à base, que me dou tempo, que me encontro comigo e me reinvento”.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.