O basquetebol dos Estados Unidos da América é indiscutivelmente o mais apreciado no mundo inteiro. Dentro do rol de atletas que fizeram da quadra a sua tela de arte, há Michael Jordan, que, além do seu carisma, proporcionou a muitos momentos de felicidade e deslumbre dentro da quadra.

“The Last Dance” conta assim a história da estrela de 57 anos, que foi o terceiro classificado da primeira rodada do Draft de 1984 da NBA e que deu o “último salto” em 2003.

A sua vida como jogador e partes da sua vida pessoal foram registadas no primeiro do episódio da série-documentário, lançada oficialmente no último domingo na plataforma Netflix.

Momentos inéditos como jogador dos Bulls, revelações que envolveram droga, dúvidas quanto ao seu sucesso, persistência e turbilhões de sensações, emoções e sentimentos, é do que nos fala o ex-jogador em nome próprio neste primeiro episódio.

Desde o momento que entrou para universidade da Carolina do Norte, Jordan foi-se destacando no país e pelo mundo a fora, chegando a ser considerado o “jogador amador mais popular”, na época que vestiu a camisola dos Bulls.

Ver esta publicação no Instagram

The UNC years. #TheLastDance

Uma publicação partilhada por Chicago Bulls (@chicagobulls) a

Durante o ano de estreia, 1984, surgiram inúmeras dúvidas sobre o “caloiro da NBA”, inclusive sobre a sua altura. “Michael não mede 2.13 metros, então não vai carregar a equipa nas costas”, disse o ex-jogador da NBA Walt Frazier.

Mesmo assim, Jordan não mudou a sua força e perspectivas sobre como encarava o basquetebol e mostrou o que valia.

Ver esta publicação no Instagram

If you could only pick one… Which championship are you going with?

Uma publicação partilhada por Chicago Bulls (@chicagobulls) a

Além de Jordan, a série foca-se na equipa de 1997 a 1998, que incluía nomes como Dennis Rodman, Scottie Pippen e tantos outros que deram a felicidade aos apoiantes dos Bulls por se consagrarem campeões por seis vezes.

No segundo episódio, que já se encontra disponível, as luzes são apontadas para Pippen.

“The Last Dance” é dirigido por Jason Hensir, tem dez episódios, que estarão disponíveis de forma faseada. O último episódio tem data de lançamento prevista para o dia 17 de maio de 2020.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Carrego a cultura kimbundu nas veias. A minha angolanidade está presente a cada palavra proferida. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O meu mantra é "o conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, portanto, não seja recluso da ignorância".