Dizem os mais velhos que “para sabermos para onde vamos, precisamos saber de onde viemos” e foi o que Yuri da Cunha fez no seu novo material visual.

“Jóia Rara” é o mais novo single do cantor angolano que, desde a sua ascensão no mercado musical, passou a ser considerado como um verdadeiro show man, devido à sua energia debaixo das luzes do palco.

No vídeo (que é na verdade, a junção de dois singles, “Muenho Uami” – que significa Meu Coração – e “Jóia Rara”), Bombé, o personagem interpretado por Yuri, vive uma aventura e acaba se por se encantar com a beleza da Princesa Abiba.

Conforme Bombé vai seguindo a Princesa nas imagens, vão surgindo outros personagens que complementam a realeza daquela região, inclusive Sakatindi, que acabou por “sentir” a presença de um homem estranho nas proximidades, no caso Bombé.

A história do vídeo foi gravada na terra natal de Yuri da Cunha, Waku Kungo, Kwanza Sul, em Angola.

A parte técnica foi composta por Dário Sega Rocha e Batutina Kingundo como operador e assistente de câmara respetivamente. A produção é de Extramundo, com produção executiva da Kriativa. Quanto à edição, ficou à responsabilidade de Kanjonja’s, e a fotografia é de Dário Sega Rocha e Prince Agete.

Recentemente, Yuri da Cunha fez parte do penúltimo single de Paulo Flores, intitulado “Njila Dia Dikanga”.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Carrego a cultura kimbundu nas veias. A minha angolanidade está presente a cada palavra proferida. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O meu mantra é "o conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, portanto, não seja recluso da ignorância".