A adidas acredita que através do desporto se conseguem mudar vidas. Mas o que acontece quando a vida e o desporto são colocados em pausa?Transformam-se as ideias em ações.

Nesta crise sanitária mundial, a adidas defende que o trabalho de equipa poderá contribuir fortemente para ajudar quem mais precisa: promover a mudança para o bem coletivo. E neste contexto de uma crise sanitária mundial, todas as ações contam pelo que até ao próximo dia 16 de Maio, a adidas e a Reebok irão doar 2€ por cada artigo comprado nas lojas online de ambas as marcas ou através das aplicações de dispositivos móveis, de valor superior a 20€.

Os donativos apoiam o trabalho da Organização Mundial de Saúde para rastrear e compreender a disseminação do vírus, para assegurar que os pacientes recebem os cuidados de que precisam e que os profissionais na linha da frente têm acesso aos equipamentos e informações essenciais. Destinam-se igualmente a acelerar os esforços de desenvolvimento de vacinas, testes e tratamentos.

Todo o valor destas doações será entregue ao Fundo de Resposta à COVID-19, criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para liderar e coordenar o esforço mundial de resposta à pandemia do coronavírus, apoiando países e instituições de saúde na prevenção, deteção e resposta.

Além dos 3 milhões de euros que a adidas já doou a este fundo, a marca faz questão de continuar o movimento de ajuda e de resposta às equipas que estão na linha da frente e às comunidades afetadas.

Para além destas iniciativas, a adidas juntou-se ainda à sua parceira Carbon e uniram-se na produção de viseiras impressas em 3D, durante a pandemia global de COVID-19 (coronavírus).

Após enviar toda a produção para as instalações da Califórnia no mês passado, e com o intuito de concentrar o seu esforço de produção no desenvolvimento de equipamento para profissionais de saúde, a Carbon está a assegurar a produção de mais de 18.000 protetores faciais por semana.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.