O mundo foi fustigado pelo coronavírus nestes últimos cinco meses e ainda pouco se sabe sobre a doença, que já infetou mais cinco milhões de pessoas e vitimou mais 350 mil, a nível global. Sob o lema “Conhecer – Organizar – Vencer – Investigar – Diagnosticar”, o Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa e a Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares, com o apoio da Ciência LP, unem esforços para promover o Ciclo de Web.Seminars, dedicados à COVID-19 com especial enfoque no impacto nos Sistemas de Saúde dos Países Africanos de Expressão Portuguesa.

As sessões, abertas ao público para perguntas, dirigem-se a profissionais de saúde, cientistas, estudantes e todos os interessados em saber mais sobre o vírus que está a mudar o mundo.

A iniciativa terá início com uma primeira Série de seis webinars sobre “O que sabemos sobre a COVID-19”, ao que se seguirá uma segunda série dedicada com o tema “Como reorganizar os sistemas de saúde na era COVID-19”.

O próximo WebSeminar#4, desta primeiras série, será dedicado ao
“Aparecimento e Desenvolvimento da Pandemia * África Lusófona” e tem como Moderadores Edgar Neves, Ministro da Saúde de São Tomé e Príncipe, Elisa Gaspar, Bastonária da Ordem dos Médicos de Angola e Francisco Pavão, Membro da Comunidade Médica de Língua Portuguesa.

Nas sessões vão participar também Magda Robalo, ex-Ministra da Saúde da Guiné Bissau, Maria da Luz Lima, Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública de Cabo Verde e Eusébio Chaquisse, Chefe de Departamento de Cuidados de Saúde Primários do Ministério da Saúde de Moçambique.

Todos os interessados em participar na iniciativa poderão se inscrever através deste LINK.

O evento vai também ser transmitido em direto, através do Facebook da APAH do IHMT-NOVA.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.