Kombat acaba de lançar novo trabalho. Drill Virus é um EP, com cinco faixas, incluíndo a intro.

O nome do EP tem uma explicação lógica. O drill “é como um vírus que apanhei. Sou rapper de trap e é o que gosto mesmo de fazer mas, como apanhei o “vírus” do drill, pensei em largar cinco sons para “infetar” toda a gente”.

O EP tem duas músicas cozinhadas pelo produtor português DKilla, que Kombat considera um dos melhores produtores de drill de Portugal. Outros duas foram produzidas por Mazza Beats e Omubs Beats, amigos de Kombat desde o Reino Unido.

“Quis fazer só cinco sons porque é uma passagem. Não vim ficar no drill. Vim só mostrar o meu talento e mostrar que consigo também fazer drill, a dormir se quiser”, explica-nos o rapper que sublinha que o trabalho é para os fãs, para a cultura, para todos os ouvintes de drill de Portugal ao Reino Unido.

Na semana passada o rapper fez parte do BATUFest, o evento de comemoração dos cinco anos da BANTUMEN, onde Kombat aproveitou para fazer uma simbólica homenagem a Mota Jr, de quem era amigo.

Kombat vive atualmente no Barreiro, Portugal, mas foi criado em Londres, no Reino Unido.

Foi em Devons Road que descobriu a paixão pela música e escrever rimas. Com 14 anos começou a dar os primeiros passos no grime, quando ainda se apelidava de Kombat Kid.

O seu primeiro lançamento oficial foi “Nothing Like You”, com videoclipe, no seu cana de YouTube, em 2017. Seguiu-se “The Wave & Pull Up” com o qual começou a fazer algum barulho nas ruas e a ganhar reconhecimento de outros rappers como Regula, 9Miller, Valete, Landim, Mota Jr, Holly Hood, entre outros.

Mais recentemente, o rapper lançou a mixtape Trap C’est La Vie, com participação de 9 Miller.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.