A lista dos artigos mais clicados da primeira semana de junho começa com a manifestação antirracista realizada em Lisboa com uma adesão histórica e um feito inédito; segue-se a “sede de justiça” de Tchapo; a história de Loiro que é “mais um filho da Linha de Sintra”; o novo episódio da BANTUMENPodcast com o rapper Slim Boy e os desafios de Mascote do AV.

1- A manifestação antirracista em Portugal, neste sábado, foi um “feito inédito”

Cerca de dez mil pessoas gritaram basta à discriminação racial nas ruas de Lisboa. É o número que avançam as organizações antirracistas por trás da manifestação deste sábado, 6, à BANTUMEN.

Por sua vez, os dados da polícia avançam a presença de cerca de cinco mil pessoas.

Com o lema “Vidas Negras Importam”, os protestos ocorreram à margem da morte de George Floyd, no dia 25 de maio, nos Estados Unidos, e porque em Portugal “também há intolerância”.

2- “Cresci com sede de justiça”, Tchapo

Muitos de nós temos vivenciado – outros apenas assistido – a várias cenas de injustiça. Falar de injustiça social, como racismo, desigualdade, iniquidade e todos os “ismos” e “ades” que entram nesse pacote vergonhoso da Humanidade, tem aguçado a sede e a fome de justiça de quem sente na pele ou é empático com as vítimas.

3- Loiro, mais um filho da Linha de Sintra a dar cartas no rap

André Martins aka Loiro é um lisboeta de 20 anos, que segue o mundo da arte desde 2018 como rapper.

Loiro diz que é um “verdadeiro filho da Linha de Sintra”, tendo crescido na Amadora, onde começou a sentir a necessidade de se agarrar a algo que lhe pudesse servir de escapatória ao meio onde estava inserido. Começou assim a criar a sua arte.

4- BANTUMENPodcast: Slim Boy e a adaptação à terra de Camões

Slim Boy é dos rappers mais consistentes que a new school do rap em Angola tem. Foi no Bairro das Ingombotas, na capital, que o artista se fez rapper, com icónicas batalhas de fresstyle nas ruas.

Foi através de um podcast, dirigido por Eddie Pipocas, que ficámos a conhecer melhor o percurso artístico de Slim Boy e não só.

5- Entrevista: Desafios, “Amor e Respeito” do Mascote do AV

Sonhador é o adjetivo que Vivaldo Cahenda, aka Mascote do AV, escolheu para o definir. É através da sua arte que surgem os seus sonhos mais ambiciosos: viver do hip hop e conquistar o mundo com as suas obras.

Yuran Tinta, responsável de comunicação da BANTUMEN em São Paulo, Brasil, esteve à conversa com Mascote AV, para perceber como tem sido o percurso do rapper e onde este pretende chegar.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Sabias que com a tua contribuição podes ajudar a BANTUMEN a crescer? O nosso objetivo é criar uma narrativa de empoderamento da comunidade urbana lusófona e tu podes fazer parte deste processo. Inscreve-te no Patreon e faz a tua parte! Lembra-te da filosofia Ubuntu: “eu sou porque nós somos”.