“Meu Sim” é o novo single de Mulambo e Indy Naise que marca o primeiro “dia dos namorados” durante o período de isolamento social. A música está disponível nas várias plataformas digitais.

Embora “Meu Sim” tenha sido gravada antes do confinamento obrigatório imposto por vários governos, o videoclipe é uma reflexão sobre uma relação amorosa à distância devido ao contexto atual, que transcende também a outros casais que estão a passar pela mesma situação.

De forma a respeitar as medidas de prevenção contra a propagação do novo coronavírus, os artistas decidiram fazer o vídeo em separado, juntando o toque criativo e inovador na produção e divulgação que lhes é característica.

Enquanto o vídeo desenrola, Mulambo e Indy relembram os momentos que viveram virtualmente, ansiando para o grande dia em que a sua cara metade vai ouvir o tão esperado “sim”.

Caracterizado como um R&B “leve e gostoso”, o videoclipe coloca um holofote na representatividade, ao envolver somente casais pretos, “além do cuidado da representação da diversidade nos tipos de afetos”, como casais LGBTQIA+ e heterossexuais.

Segundo o produtor da música, Vinex, o videoclipe “por trazer casais diversos e ressaltar o amor preto, acredito que essa faixa tenha muito o que colaborar para o universo musical”.

A música foi produzida por Vinicius Galvani (Vinex) e recebeu a edição de João Paulo Batista, conhecido também como JP na Ironia.

Leonardo de Oliveira, ou simplesmente Mulambo, é um músico brasileiro de 24 anos, que também trabalha em produção audiovisual, fotografia e como modelo, além de ser o co-criador da Deck9 Records, onde desempenha a função de produtor audiovisual.

Indy Naise é cantora e compositora baiana, que começou a cantar há seis anos, premiada pelos seus dotes vocais no Festival de Musica Ala Guarujá.

Indy tem na sua discografia um álbum de originais intitulado É Questão de Cor, lançado em 2018, e criou a produtora Filha do Trovão um ano depois.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Sabias que com a tua contribuição podes ajudar a BANTUMEN a crescer? O nosso objetivo é criar uma narrativa de empoderamento da comunidade urbana lusófona e tu podes fazer parte deste processo. Inscreve-te no Patreon e faz a tua parte! Lembra-te da filosofia Ubuntu: “eu sou porque nós somos”.

Carrego a cultura kimbundu nas veias. A minha angolanidade está presente a cada palavra proferida. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O meu mantra é "o conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, portanto, não seja recluso da ignorância".