O rapper angolano Look Cem acaba de lançar novo single. ‘Preto’ é um “grito de liberdade daquilo que vi, ouvi e vivi sendo criança e hoje um adulto de raça negra”, explicou-nos o artista.

O single pode ser ouvido nas plataformas digitais Souncloud e no Youtube.

CEM, que também é produtor, colocou em “Preto” um desabafo pessoal, que é ao mesmo tempo um pedido de socorro ao “sistema” que continua a oprimir. Lembrando que, se antes pouco se falava no assunto e hoje parece que a palavra racismo está estampada em todos os lados, não é porque desapareceu e agora voltou. A diferença é que “agora começámos a filmar e a divulgar”, tal como disse uma vez Will Smith.

“Preto” tem barras letais, punchlines certeiras contra racistas e linhas que servem de chamada de atenção a artistas angolanos que não vêem a realidade do país e só se manifestam quando o tema é internacional.

Percebe-se a mensagem que o artista deixa, sobre vivência de corpos negros na sociedade, como ausência de um pai durante o crescimento, assassinatos cometidos pela polícia, lembrando que essa é uma realidade de muitos jovens negros pelo mundo.

“Este single revela um racismo que ultrapassa o branco que não gosta do negro e onde a discriminação e os estereótipos raciais surgem também entre os negros“, diz Look Cem.

Look Cem é um rapper produtor independente que lançou a sua primeira mixtape em 2015, e em 2017 ganhou notoriedade no YouTube com os vídeos “Rimando de A a Z” e “Rimando 200 palavras em 50 segundos”.

O primeiro álbum de originais, Sinais de Fumaça, surgiu em 2017 com a participação dos artistas Alam Reyez, Biggy Smokes, Dj NC, e o seu beat maker oficial, Andrinho Beatz. No mesmo ano lançou também uma diss track com o rapper brasileiro Mussoumano e em 2019 fez o remix da música “Inrresponsáveis” do grupo Wet bed Gang, que se tornou viral em Portugal.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.