Kanye West já tinha dito que queria ser o “Steve Jobs da Gap”, numa entrevista à Vogue. Passados cinco anos, o rapper, produtor e designer de moda anunciou uma parceria sem precedentes entre a Yeezy e a GAP.

Segundo comunicado lançado no site oficial da GAP, a nova parceria ousada entre ambos levará às pessoas uma nova linha, num novo comeback de West, “ícone visionário criativo e cultural”, diz a maior marca de venda a retalho dos EUA.

Com a duração de dez anos e um o processo criativo já em andamento, a nova linha será desenvolvida nos estúdios da Yeezy, para fornecer “conceitos básicos modernos e elevados para homens, mulheres e crianças a preços acessíveis”.

Mark Breitbard, chefe global da Gap Brand manifestou dizendo que estão “entusiasmados em receber Kanye de volta à família Gap como um visionário criativo, aproveitando a estética e o sucesso da sua marca YEEZY e definindo juntos uma parceria de retalho a um nível superior”.

De recordar que, Kanye já foi funcionário de uma das lojas da GAP na sua adolescência, em Chicago.

Com esta parceria, Ye receberá “royalties e património potencial relacionado à conquista das vendas”.

Para estar no comando criativo desta parceria, que deixa os amantes de moda expectantes, Kanye nomeou como diretora de design da YEEZY GAP a nigeriana de 25 anos Mowalola Ogunlesi.

Mowalola é a responsável pela marca de roupa homónima e que é constituída por peças de roupa inspiradas nas suas vivências em Londres, na sua terra natal e no criador do afrobeat, Fela Kuti.

GAP é uma das marcas de vestuário e acessórios mais icónicas do mundo e uma verdadeira “autoridade” no estilo casual americano. Fundada em San Francisco em 1969, as coleções da GAP são projetadas para construir a base dos guarda-roupas modernos – jeans, camisas brancas clássicas e calças cáqui.

Quanto à Yeezy de Kanye, foi avaliada em abril de 2020 no valor de 2.9 bilhões de dólares.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Sabias que com a tua contribuição podes ajudar a BANTUMEN a crescer? O nosso objetivo é criar uma narrativa de empoderamento da comunidade negra lusófona e tu podes fazer parte deste processo. Inscreve-te no Patreon e faz a tua parte! Lembra-te da filosofia Ubuntu: “eu sou porque nós somos”.

Carrego a cultura kimbundu nas veias. A minha angolanidade está presente a cada palavra proferida. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O meu mantra é "o conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, portanto, não seja recluso da ignorância".