Depois de ter participado no tão comentado challenge “Ringue” de Deezy, Lobas lança o seu primeiro e único single que fará parte da sua próxima mixtape Outra versão.

Tal como Carl Jung disse em suas escrituras: “ninguém se torna iluminado por imaginar figuras de luz”. É com essa certeza que Lobas alimenta a sua arte e decidiu lançar este novo single.

“Estava a pensar no que já passei no game, nos obstáculos que já surgiram”, e é uma “resposta para aqueles assanhados que tentaram, tentam e ainda tentarão vir contra mim e contra os meus”, explicou à BANTUMEN.

Ver esta publicação no Instagram

Out now… link na bio

Uma publicação partilhada por Esanju Pinto (@lobastnczn) a

“Queria mostrar que quando o teu talento vem de Deus verdadeiramente, não há limite nem barreiras que te parem. Eu sou a prova viva disso e continuarei a provar que com fé, dedicação e trabalho árduo alcançamos o que almejamos”, disse Lobas.

“Iluminado” conta com a voz de Kelson Most Wanted, escolhido para esta colaboração devido à sua versatilidade como rapper.

Esanju Pinto é um jovem rapper nascido no final dos anos ’90 e dentro de si que dá o corpo e o talento a Lobas, o seu nome artístico. É “um artista da nova escola, rapper de raiz dedicado, trabalhador e com uma “fome” tremenda”.

Residente na terra de Shaka Zulu, Lobas estuda Contabilidade e confessa, às vezes, ter dificuldades em conciliar a vida artística com a académica. Contudo, desde que entramos em fase pandémica, tem tido a oportunidade de adiantar de forma eficaz os seus projetos.

O nome de rua foi inspirado num dos seus hobbies, jogar UFC na PlayStation. O seu avatar tinha o nome de Lights Out, acabou por lhe adicionar o “Boy” no final e encurtou para o acrónimo LOB. Foi assim que depois de algum tempo passaram a chamá-lo de LOBAS, tendo ficado até aos dias de hoje.

O rapper entrou para música de forma natural, juntamente com o amigo Márcio Mazzy, com quem juntamente lançou quatro músicas.

Além de Márcio Mazzy, Lobas já trabalhou com Wilson Puma, Crazy Boy, Freddgy K, Dyrus, Denilson Deezy. Na sua lista de desejos, quer um dia ter a oportunidadede trabalhar com Extremo Signo, Prodígio, Matias Damásio, Lil Drizzy e Teo No Beat.

Pertencente à CAF Music Entertainment e ao grupo SoBlackGang, Lobas quer um dia “poder influenciar jovens a seguirem caminhos melhores e ajudar pessoas a ultrapassarem dificuldades” com as suas músicas.

Para este ano, Lobas tem em cartaz dois projetos, um EP e uma mixtape que já “está no forno” e está a trabalhar com o seu grupo juntamente com a Yombs Music. Além destes dois trabalhos, o rapper promete lançar mais músicas soltas.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Sabias que com a tua contribuição podes ajudar a BANTUMEN a crescer? O nosso objetivo é criar uma narrativa de empoderamento da comunidade negra lusófona e tu podes fazer parte deste processo. Inscreve-te no Patreon e faz a tua parte! Lembra-te da filosofia Ubuntu: “eu sou porque nós somos”.

Carrego a cultura kimbundu nas veias. A minha angolanidade está presente a cada palavra proferida. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O meu mantra é "o conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, portanto, não seja recluso da ignorância".