Teodoro Manuel, mais conhecido nas lides artísticas como “Teo no Beatz”, é o responsável pela produção da música que está a fervilhar na esfera social digital, “Ninguém Acode”, lançada por Preto Show.

Responsável por dezenas de sucessos angolanos, o artista de 21 anos produziu recentemente, “às pressas”, o instrumental da faixa que responde ao beef de C4 Pedro. “O beat foi feito na hora. Não escolhemos, pensamos numa boa vibe e rolou. Não foi difícil fazer porque a produção foi rápida e porque também é algo que faço todos os dias’’, revelou Teo visivelmente satisfeito com o resultado final.

Foi no bairro Golfe I, na periferia de Luanda, que o também cantor e vocalista cresceu e conquistou o seu espaço no mercado angolano. Por influência do irmão, Teo no Beat começou a produzir em 2012. “Comecei a produzir com dez anos de idade e tornei-me produtor musical graças a duas pessoas importantes, Mário Chainz, que é o meu irmão, e o Kid Mau. Este ensinou o meu irmão a produzir e o meu irmão passou-me a experiência’’, contou-nos.

Teo assumiu-se como produtor profissional ao ser o responsável pelo sucesso de Zibo Cyborg com o tema “Pengua”. Contudo, tornou-se conhecido quando conheceu o cantor Filho do Zua, na altura ainda no anonimato, e comprometeu-se em fazer no seu estúdio a primeira música do amigo, denominada “Celina”. A partir daí, a amizade acabou por se fortificar, visto que, além de produzirem música juntos, eram também vizinhos. Atualmente, ambos integram os quadros da label do momento em Angola, a Clé Entertainment.

A frequentar o terceiro ano do ensino superior, no curso de Contabilidade, o produtor revelou que quando terminar a formação pensa em estudar sonoplastia no exterior de Angola, com o objectivo de oferecer mais e melhor trabalho ao seu país e não só.

Nas produções, Teodoro tem usado hardware e software como Fl Stúdio, Cubase e Log. O jovem acredita que faz parte de uma geração próspera no mundo da indústria musical angolana. “A produção em Angola está excelente. Já é possível notarmos os trabalhos dos jovens em volta desta arte. Além de mim, temos bons produtores como Dj Aka M, Dj Vado Poster e Dj Habias que aprecio e respeito os seus trabalhos’’.

Na sua lista de sonhos, Teo no Beat confessou que gostaria de produzir o rapper norte-americano Future, pois o tem como ídolo no mundo musical. A nível nacional, Big Nelo e Anselmo Ralph são os nomes que aponta como colaborações que quer um dia concretizar.

Feliz com o que já conquistou, o jovem sonhador diz estar numa fase “brilhante” da sua carreira. Actualmente membro da Clé Estúdio, Teo foi distinguido com o troféu Melhor Produtor nos Angola Music Awards, em 2018.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Sabias que com a tua contribuição podes ajudar a BANTUMEN a crescer? O nosso objetivo é criar uma narrativa de empoderamento da comunidade negra lusófona e tu podes fazer parte deste processo. Inscreve-te no Patreon e faz a tua parte! Lembra-te da filosofia Ubuntu: “eu sou porque nós somos”.