Madafaka é provavelmente a palavra mais proferida por Preto Show nos últimos tempos e que acaba de se tornar no título da sua nova música. Com DJ Jorge Cadete e DJ Galio, “Madafaka” já foi publicado nas plataformas de streaming.

Depois de ter lançado “Ninguém Acode”, a sua última música e que foi uma resposta aos beefs de C4 Pedro, Preto Show regressa assim com nova música.

“Madafaka” é a uma das farpas lançadas em “Ninguém Acode” que acabou por ganhar destaque, dando assim o mote a novo single solto.

A música é um “adoço” típico da originalidade de Preto Show, num vídeo rodeado de gente onde o swagg e a dança não faltam, como é habitual.

“Eles até tentaram, mas não conseguiram” e “com filho do povo, aqui não se brinca” além de serem as dicas que formam um dos pontos altos da música, também é um recado direto para todas as pessoas que persistiram em tentar destruir o seu nome.

Face ao “novo normal” causado pela pandemia, no videoclipe aparecem bailarinos protegidos com máscaras de vários tons e feitios.

Filmado numa oficina de carros, no vídeo aparecem também os deejays Jorge Cadete e Galio que produziram a música e o também angolano Silyvi.

O vídeo foi filmado por Alex Alves, que também deu vida a músicas como “Carne com Gindungo” de Gerilson Insrael, “Só lançamos Benga” de Preto Show com B-Unik, “Gangsta Party” de Kelson Most Wanted e outros.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Sabias que com a tua contribuição podes ajudar a BANTUMEN a crescer? O nosso objetivo é criar uma narrativa de empoderamento da comunidade negra lusófona e tu podes fazer parte deste processo. Inscreve-te no Patreon e faz a tua parte! Lembra-te da filosofia Ubuntu: “eu sou porque nós somos”.

Carrego a cultura kimbundu nas veias. A minha angolanidade está presente a cada palavra proferida. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O meu mantra é "o conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, portanto, não seja recluso da ignorância".