O rapper brasileiro Pedro Qualy, membro do grupo Haikiass e do coletivo Damassaclan, assustou familiares e fãs depois de sofrer convulsões enquanto jogava durante horas a fio e transmitia o vídeo ao vivo no Twitch.

O vídeo do momento chocante acabou por viralizar nas redes sociais e é um dos assuntos mais comentados no Twitter.

Antes de tudo acontecer, o rapper tinha partilhado no Twitter que tinha acabado de bater o seu recorde pessoal de lives. Foram pelo menos 14 horas de transmissão via streaming em direto.

Não é a primeira vez que casos do género acontecem e empresas de videojogos têm inclusive alertado para os perigos de jogar durante tanto tempo e sem paragens.

No vídeo que circula nas redes sociais e que a família pede para não replicar, vems a esposa e filhas do rapper aparecerem enquanto Qualy está em plena convulsão. A crise demora cerca de um minuto e é seguida por um desmaio.

Segundos depois de Pedro cair no chão, dá pra ouvir o telefone de casa tocar. A esposa de Qualy, Anna Brisa, aparece na porta, com as duas filhas do casal, para socorrê-lo. A mulher chega a pensar que seria uma brincadeira até que um internauta, que estava que estava também na live, avisa através do microfone que a situação era real: “Não, Anna, é sério. Ele teve um ataque epilético”.

Rafael Spinardi, um dos integrantes do grupo Haikiass, já informou que o músico está consciente e a ser medicado num hospital em São Paulo.

Yoda, amigo de Pedro Qualy e jogador profissional de e-sports, também falou sobre o sucedido. “Senhores, o Qualy já está sendo tratado no hospital. Falei com o Spinardi [também integrante do Haikaiss] e ele está bem. Provavelmente deslocou o ombro na hora da queda e por isso ele estava com tanta dor. De qualquer forma peço de verdade a todos que denunciem por favor os vídeos divulgados, isso não é digno dele”, disse Yoda em tuíte.