Três moçambicanas foram distinguidas, pelo seu trabalho em prol das mulheres, com o prémio internacional Books for Peace, da Fundação Universitária Vida Cristã (FUNVIC), atribuído a personalidades que contribuem para promover a paz, cultura e harmonia entre os povos.

Na sua quarta edição, o Books for Peace distinguiu as moçambicanas Anicha Abdul, Eliana Nzualo e Mody Maleiane pelo seu trabalho na área do empoderamento da mulher.

Anicha Abdul, que é empresária e vice-presidente da Câmara de Comércio França-Moçambique, criou um grupo de empreendedoras e empresárias que, unidas, partilham experiências e aprendizagens para crescerem juntas, refere em comunicado a Comissão Internacional Books for Peace.

“Anicha escreve, regularmente, nas suas redes sociais, para motivar e inspirar outras mulheres a perseguirem os seus sonhos e alcançarem o seu potencial”, adianta a nota.

Quanto a Eliana Nzualo, é escritora, poetisa, DJ e ativista, marcando uma nova geração de artistas multifacetadas, movidas por causas.

“Eliana abraça o feminismo como parte da sua missão” e lançou, recentemente, o seu primeiro livro, que foi também adaptado para peça teatral, destaca o comunicado da comissão do prémio.

Já Mody Maleiane é presidente da Male Holding e diretora executiva do ICEF – Ideias e Conteúdos de Empoderamento Feminino.

“Como empresária de sucesso, Mody abraçou como missão o empoderamento de outras mulheres, principalmente vulneráveis”, lançou um livro e é, também, uma conhecida oradora em palestras.

O Books for Peace “espera que esta distinção sirva como incentivo para que continuem a trabalhar para a construção de uma sociedade moçambicana com maior equilíbrio de género”, realça a nota da Comissão Internacional do prémio.

A Fundação Universitária Vida Cristã, é uma entidade parceira da UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Sabias que com a tua contribuição podes ajudar a BANTUMEN a crescer? O nosso objetivo é criar uma narrativa de empoderamento da comunidade negra lusófona e tu podes fazer parte deste processo. Inscreve-te no Patreon e faz a tua parte! Lembra-te da filosofia Ubuntu: “eu sou porque nós somos”.