Nem só de polémicas se move a vida de Anitta. A estrela brasileira reclamou nas suas redes sociais sobre a definição “confusa” da palavra patroa dada através do motor de busca da Google e a empresa já reagiu.

“Patroa é a mesma coisa que está escrito lá no patrão. Dona e proprietária do que eu quiser. Mano do céu, inacreditável. Não ’tou acreditrando que isso está no nosso dicionário”, disse Anitta. A indignação parte do facto de o resultado obtido ser “Patroa: a mulher do patrão; dona da casa”, enquanto para o género masculino o resultado é “Patrão: proprietário ou chefe de um estabelecimento privado comercial, industrial, agrícola ou de serviços”.

Com os seus fãs a partilharem e a tornarem a sua indignação popular, o Google foi “obrigado” a rever a definição da palavra.

“Adotamos uma série de mudanças para deixar as definições ainda mais claras e úteis para os usuários. No caso do termo ‘patroa’, a definição não estava mais refletindo o uso contemporâneo pelos falantes de português do Brasil, e, por isso, este verbete foi atualizado. No caso de ‘mulher solteira’, a pesquisa mostrou que a definição exibida ainda reflete o uso da expressão em algumas regiões do país, mas percebemos que essa forma de apresentar poderia levar a uma compreensão equivocada, e, por isso, foi retirada. Essas mudanças estão agora refletidas nos resultados das pesquisas do Google”, disse a Oxford Languages, dicionário parceiro do motor de busca.

Assim, a palavra patroa está agora representada no dicionário como “proprietária ou chefe de um estabelecimento privado comercial, industrial, agrícola ou de serviços, em relação aos seus subordinados; empregadora”

Anitta está atualmente focada na internacionalização da sua carreira, pretendo mesmo entrar para o mercado norte-americano. Prova disso foi o feat com Cardi B e Myke Towers em Me Gusta e que já hit. A música foi lançada há quatro dias e já alcançou 17 milhões de visualizações no YouTube.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Sabias que com a tua contribuição podes ajudar a BANTUMEN a crescer? O nosso objetivo é criar uma narrativa de empoderamento da comunidade negra lusófona e tu podes fazer parte deste processo. Inscreve-te no Patreon e faz a tua parte! Lembra-te da filosofia Ubuntu: “eu sou porque nós somos”.