AMOR’FATI é o título do primeiro projeto a solo de Lhast, disponível nas plataformas de streaming, e que marca o início de uma nova etapa do artista por ser o seu primeiro projeto como voz principal.

Composta por dez faixas musicais, AMOR’FATI traz consigo cinco músicas inéditas, que se juntam às outras cinco (JND, Saturno, QE, 2020, Render) lançadas anteriormente pelo artista.

“2:22”, “Pa’Cima”, “11915”, “VI” e “Pluto”, com o rapper LON3R JOHNY, são as novas músicas que complementam o álbum que é protagonizado por Lhast, sendo que a última já tem disponível o seu videoclipe.

O álbum conta com as participações vocais de Slow J, Chyna, LON3R JOHNY, e 9 Miller, com as produções Charlie Beats, GOIAS, Reis e Holly.

A música “Pluto” com LON3R é um trap rap em que ambos mostram o seu pensamento face à ausência, passando por sacrifícios como não dormir para ter de “pôr o speed“, enquanto muitos ainda continuam a “descansar à sombra da bananeira”.

A música é de autoria de Lhast e LON3R JOHNY, com uma produção de Lhast e Mizzy Miles. A misturada e masterização é de Charlie Beats. O vídeo foi filmado por Cheezy Ramalho e produzido por Henrique Saldanha.

Os singles “Saturno” e “JND”, com 9 Miller, que também fazem parte de AMOR’FATI, já foram galardoados em Portugal com Ouro e Platina, respetivamente, e, atualmente, ambos somam mais de quatro milhões de visualizações no YouTube.

Lhast também é conhecido no mundo da produção musical, tendo produzido músicas como “Por Pouco”, de GSon, “Xamã”, de ProfJam, entre outros que podem ser encontrados na série 10 Produções de Lhast no YouTube da BANTUMEN.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Sabias que com a tua contribuição podes ajudar a BANTUMEN a crescer? O nosso objetivo é criar uma narrativa de empoderamento da comunidade negra lusófona e tu podes fazer parte deste processo. Inscreve-te no Patreon e faz a tua parte! Lembra-te da filosofia Ubuntu: “eu sou porque nós somos”.

Carrego a cultura kimbundu nas veias. A minha angolanidade está presente a cada palavra proferida. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O meu mantra é "o conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, portanto, não seja recluso da ignorância".