Elsa Majimbo, uma carismática comediante cujos vídeos viralizaram na Internet, está agora nomeada para o People’s Choice Award, na categoria de African Social Star. 

Até aqui, tudo bem, se estivéssemos a falar de alguém famoso e com uma carreira conceituada mas, não, não é o caso.

Trata-se de uma rapariga, até então, perfeitamente desconhecida do público em geral, na casa dos 19 anos de idade, proveniente de Nairóbi, no Quénia, estudante de Jornalismo na Strathmore University, (Nairobi), e que desde 2016 partilha vídeos espontâneos nas redes sociais.

O curioso e a particularidade desses vídeos é serem monólogos satíricos em que a comediante usa, geralmente, um pacote de batatas fritas crocantes que vai comendo enquanto diz as piadas que cria e enquanto se deita tranquilamente numa almofada.

Os temas escolhidos pela estudante são geralmente relacionados com acontecimentos do quotidiano ou que vão surgindo online, sendo que Elsa procura abordá-los de forma sarcástica, mostrando como ver o lado cómico de cada situação ao mesmo tempo em que manifesta a sua crítica, de forma direta e acutilante. Pode dizer-se que Elsa deixa uma espécie de manifesto em relação aos assuntos que a incomodam, por exemplo, a fama, o dinheiro e a vida em geral.

Com o surgimento da pandemia, em março, quando a maioria estava confinada em casa, Elsa partilhou um vídeo em que referia não estar a sentir falta de ninguém durante a quarentena, normalizando a não obrigatoriedade de atender chamadas de amigos e de poder usar o Photoshop, em vez de praticar exercício físico, para ter uns abdominais perfeitos durante uma época em que as discussões sobre auto aperfeiçoamento eram abundantes. Muitos identificaram-se, tendo a publicação gerado inúmeras partilhas. Num ápice, Elsa passou de dez mil seguidores para uma audiência global de 843 mil seguidores.

Os vídeos de Elsa Majimbo ganharam um expoente máximo ao ponto de serem “aplaudidos” por nomes reconhecidos como Lupita Nyong’o, Joan Smalls (Miss Universo), Zozibini Tunzi e Cassper Nyovest, além de ter os seus monólogos apresentados várias vezes, este ano, no Comedy Central, uma rede e canal de humor online.

Nos vídeos, Elsa apresenta-se da forma mais simples possível. Os únicos adereços que usa, além do pacote de batatas fritas e da almofada, são uns óculos de sol minúsculos, da década de 90.

A sua crescente popularidade levou-a a uma colaboração com a Fenty, para apresentar os vários óculos da marca de Rihanna. O resultado é genial. No vídeo, Elsa faz de conta que é amiga de infância de Rihanna, mesmo que a artista ainda não o saiba, e questiona-se se deve tirar as fotografias para a Vogue de pé ou sentada.

Também pelo seu gosto pela maquilhagem, a comediante foi convidada para ser embaixadora da MAC Cosmetics África.

Rompendo estereótipos e desconstruindo standards de beleza, a popularidade global da queniana acaba também por se tornar numa motivação extra, sobretudo, para as mulheres, levando-as a acreditar que podem chegar onde quiserem. Como a própria refere, se ela consegue, outras também irão conseguir.

Enquanto estudante de Jornalismo, Majimbo sonhava um dia vir a trabalhar para o New York Times, mas a vida trocou-lhe as voltas e a queniana acabou por ser entrevistada pelo conceituado jornal.

Ver esta publicação no Instagram

When the New York Times (@nytimes) messaged me about doing an interview my first thought was “it’s about time” and my second thought was “why?.” As a journalism student my dream, which felt out of reach, was to work at the NYT, I never would have imagined that I would one day be profiled for it. Which shows that sometimes our dreams aren’t big enough, and that anything is possible. So my new dream is to own the New York Times 😂🕶🍟 haha. Link in bio !!! I want to thank my beautiful black sister Tariro Mzezewa (@tariro__ ) for putting fingers to keyboard and letting people know what’s up! It means so much to me, and I celebrate you. I have so much planned and I can’t wait to share it all with you.

Uma publicação partilhada por Elsa Majimbo (@majimb.o) a

O talento de Elsa já não passa despercebido e certamente as conquistas não deverão parar por aqui. O objetivo não é fazer vídeos para sempre. O grande plano inclui o mundo da representação, ter um podcast, escrever um livro e fazer shows de stand-up comedy mas, para já, começa com o lançamento da sua série de entrevistas “Bedtime with Elsa”, em formato live no Instagram, onde conversa com celebridades, como a cantora e compositora Jorja Smith.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.