Concrete Cowboy (cavaleiro de betão, na sua tradução literal), filme sobre os cavaleiros negros da cidade de Filadélfia, vai finalmente estrear-se em 2021, na Netflix.

Tendo passado pelo Toronto International Film Festival e depois de ver a sua estreia nos cinemas cancelada para este ano, devido à pandemia, o filme, estrelado por Caleb McLaughlin (“Stranger Things”) e Idris Elba, vai assim chegar a uma audiência global, através da plataforma de streaming norte-americana.

Filmado em Filadélfia em 2019, o filme gira em torno de Harp, um pai da Filadélfia do Norte, mentor do filho de 15 anos, Cole. A história é baseada no romance de 2011 de Greg Neri, Ghetto Cowboys, e é a estreia do diretor Ricky Staub numa longa-metragem.

A base da história é a relação entre pai e filho, este último que se encontra encurralado entre a comunidade do pai nos estábulos e a amizade com o primo envolvido em crimes. A trama aborda também outro assunto importante, o processo de gentrificação que ameaça os estábulos.

“Por muito tempo houve uma história mal contada sobre negros, cavalos e cowboys“, contou Elba numa entrevista à Variety.

“É muito apropriado que possamos contar uma parte da história que foi completamente apagada e, no caso de Concrete Cowboy, a história é agora”, afirmou o ator britânico, que sublinha que, com este filme, a história ficará assim justamente documentada.

A cronologia do Fletcher Street Stable remonta a mais de um século e envolve uma tradição de orientação que afasta os jovens da violência e das drogas. A gentrificação, o desemprego e o uso de drogas ameaçaram a sobrevivência dos estábulos, que também foram examinados pela cidade por questões de saneamento e bem-estar animal.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.