Sobretudo neste período em que tudo é incerto e a ansiedade é um estado de espírito vivido a nível global, o Natal pode ser um momento de abstração da realidade distópica desde nosso novo normal.

Reforçando a necessidade de partilha e solidariedade característica da época natalícia, Maita Landim, jovem costureira que se aprimorou no bordado, está a promover uma campanha solidária com a sua marca, a Maii Shirts.

Ver esta publicação no Instagram

Estamos a 68 dias do NATAL ✨ . Em breve, a decoração saíra do sótão para dar alma a nossa casa . Acrescenta uma peça nova à tua coleção 😄 Ao encomendares um Bordado Natalino estarás a contribuir com 5€ para o Lar de Criança e Jovens do “Centro Maranatha”✨ . Sê a mudança que queres ver no Mundo 🤍 . . Destaque: Natal Número: 8 Tamanho: 19cm . . . #maiishirts #bordados #bordadospersonalizados #embroidery #embroideryart #handmade #bordadolivre #feitoamao #anchor #anchorthreads #anchorcrafts #handmadeinportugal #handstitched #embroideryartwork #needlepainting #stichersofinstagram #embroiderymagazine #damngoodstitch #ihavethisthingwiththread #hoopart #embroideryhoops #natalsolidario #embroidedportrait #retratobordado #embroidedchristmas #solidarity #christmashoop

Uma publicação partilhada por Maii Shirts 🧶 (@maii.shirts) a

O objetivo do “Natal Solidário” é doar uma parte do valor adquirido pela venda de cada peça – entre dois a cinco euros – ao Centro de Solidariedade Cristã Maranatha, em Grijó (Vila Nova de Gaia, norte de Portugal), lar em que Maita viveu dos quatro aos 22 anos.

“Esta casa visa a consagração dos direitos e garantias das crianças e jovens, através de atitudes pedagógicas que contribuam para o seu pleno desenvolvimento psico-social. Neste momento, residem no lar cerca de 17 crianças e jovens, acolhidos de todo o tipo de situações de carência social ou pessoais. Aqui, buscam soluções para os seus variados problemas e aprendem a ser felizes”, explica-nos a empreendedora.

Todas as peças confecionadas, que podem ser adquiridas através do Instagram da marca, surgem das mãos de Maita, que viu o bordado passar de hobby ao seu “pequeno negócio”, como a própria diz.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.